100% Cristão

Meu Carrinho
Benefits
Produto adicionado ao carrinho!

Especificações

AutorH. R. Rookmaaker
Páginas216
EncadernaçãoCapa Dura
IdiomaPortuguês
GêneroTeologia
Formato23,5 x 16,5 cm
EditoraMonergismo
-
+
Decerto nenhum aspecto da realidade, incluindo obviamente a arte, sobrevive ou tem sentido em si mesmo quando isolado de sua coerência mútua com os demais aspectos; porém, cabe-nos então a pergunta: é necessário que a arte, e em especial a arte cristã (que não necessariamente é arte sacra), submeta-se a algum projeto moralizante ou doutrinário a fim de que o artista cristão cumpra sua vocação e propósito? A resposta, talvez surpreendente para aqueles não familiarizados com o pensamento de Rookmaaker, é uma negação impetuosa. De fato, habituamo-nos com a afirmação: a arte não precisa de justificativa; isto, contudo, não significa – para valermo-nos do vocabulário de Herman Dooyeweerd, tão caro à análise estética presente nesta obra – numa pretensa autonomia da arte, como se fosse possível olharmos para um quadro ou lermos um poema sem que nossa sensibilidade e juízo não se “contaminassem” com os valores que nos são mais caros.

Entretanto, é de igual modo importante afirmarmos que, como qualquer outra estrutura da criação divina, a estética possui a soberania de sua própria esfera, sendo regida por técnicas, instrumentos e princípios próprios, e por isso não pode capitula-se ou submeter-se a demandas que não reconheçam a importância e irredutibilidade da beleza. Nas palavras do autor: ”O aspecto estético é normativo. Isso quer dizer que Deus instituiu este aspecto na ordem do mundo, em que as normas são instituídas, em princípio. Nada pode ser belo se não satisfaz essas normas”.
Se, grosso modo, a arte é a produção de beleza por parte dos homens segundo determinadas técnicas (lembremos que o termo do grego clássico para arte é techné) submetidas a uma Ideia geral que, por sua vez, é expressa com o vigor, pathos ou verve próprios do espírito do artista, então, nesse aspecto, como afirmava Doroth Sayers, a criação artística, a formação de universos de beleza, é um dos aspectos da imago Dei no homem.

Especificações

AutorH. R. Rookmaaker
Páginas216
EncadernaçãoCapa Dura
IdiomaPortuguês
GêneroTeologia
Formato23,5 x 16,5 cm
EditoraMonergismo
Código de Barras

Especificações

AutorH. R. Rookmaaker
Páginas216
EncadernaçãoCapa Dura
IdiomaPortuguês
GêneroTeologia
Formato23,5 x 16,5 cm
EditoraMonergismo
CentímetroMetroKilogramaGrama

Dimensões

Filosofia & Estética
Altura: 23,50 Centímetros
Largura: 16,50 Centímetros
Profundidade: 1,50 Centímetros
Peso: 460,00 Gramas

Especificações

AutorH. R. Rookmaaker
Páginas216
EncadernaçãoCapa Dura
IdiomaPortuguês
GêneroTeologia
Formato23,5 x 16,5 cm
EditoraMonergismo

Especificações

AutorH. R. Rookmaaker
Páginas216
EncadernaçãoCapa Dura
IdiomaPortuguês
GêneroTeologia
Formato23,5 x 16,5 cm
EditoraMonergismo